Quarta-feira, Agosto 30, 2006

e quando eu me dou conta as palavras não dão conta, elas soçobram e flutuam, soltas sobre o mar que inundou as entrelinhas e trouxe ondas e espuma onde risos bóiam leves, aliviados porque a terra enfim sumiu da vista.