Quinta-feira, Setembro 20, 2007

da janela do táxi nas avenidas vazias esta cidade parece lógica, parece límpida. na noite profunda fica tão claro: a soma de todos os silêncios, subtraídos mil ruídos, é um murmúrio elétrico, nota de fundo dessa partitura insana.

é quando tudo se cala que escuto direito os meus desertos.